[ editar artigo]

Como agregar compostos bioativos na alimentação

Como agregar compostos bioativos na alimentação

 

Estudos indicam que compostos bioativos presentes em alimentos atuam na redução do risco de doenças relacionadas à idade, incidência de doenças crônicas não transmissíveis, e aumento do bem-estar. Mas como agregar esses compostos na alimentação?

 

Já sabemos que o consumo de frutas, legumes, hortaliças, cereais e grãos trazem benefícios à saúde.

E além desses alimentos apresentarem nutrientes essenciais, possuem os chamados compostos bioativos dos alimentos (CBA). 

 

Mas, afinal, o que são compostos bioativos?

São compostos extra nutricionais presentes em pequenas quantidades em alimentos, mas, quando ingeridos em quantidades significativas, exercem efeitos benéficos a saúde humana. 

 

Ação anti-inflamatória e antioxidante, estão entre as suas principais propriedades funcionais e também estão relacionados a menor incidência de doenças crônicas não transmissíveis. 

 

Os CBA são divididos em diversas classes, sendo esses os três principais grandes grupos presentes na dieta humana:

  • polifenóis
  • carotenoides
  • glicosinolatos

 

Vamos conhecer os principais grupos e fontes alimentares dos compostos bioativos? 

 

Polifenóis ou compostos fenólicos:

Podem ser encontrados em: hortaliças, chás, café, cacau, cereais, vinho, soja, frutas de cor bordô e vermelho escuro.


 Os compostos fenólicos agrupam-se em 5 grupos principais:

  1. flavonóides
  2. estilbenos
  3. ácidos fenólicos
  4. cumarina
  5. taninos 


As antocianinas fazem parte dos flavonoides e podem se encontrados em: açaí, ameixa, figo, framboesa, uva, amora, cereja, acerola, morango, berinjela, repolho roxo e batata roxa. 


O resveratrol faz parte do grupo dos estilbenos e pode ser encontrado em: casca da uva, vinho tinto, amendoim e frutas vermelhas. 

 

Glicosinolatos:

Encontrados em: rabanete, repolho,  mostarda, brócolis, couve de Bruxelas e alho. 

 

Dica: o modo de preparo influencia sobre o teor de glicosinatos disponíveis no alimento —> o ideal é realizar o cozimentos dos alimentos a vapor ou consumi-lós crus quando for possível. 

 

Carotenoides e seus principais grupos:

Encontrados na cenoura, couve, abóbora, batata-doce, tomate, beterraba,
mamão papaia, manga, brócolis, espinafre, goiaba vermelha, pitanga, melancia. 

 

Como visto, o compostos bioativos são de fácil recomendação ao consumo, por estarem presentes em diversos alimentos que já fazem parte do nosso cotidiano.

Cabe a nós, nutricionistas, incentivar o consumo e reforçar a importância da alimentação na saúde e prevenção.

Destacamos também que mais estudos são necessários para aprofundar conhecimento sobre os efeitos dos compostos bioativos na saúde.

 

Fontes:

ARAUJO, Lidia; PESSOA, Lidiane; CARDOSO, Luciana; MAIA, Priscila. Setor de Alimentação e Nutrição/Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis/UNIRIO. Boletim nº 12. Maio/2021.

CARNAUBA, Renata A. Ação dos compostos bioativos dos alimentos no envelhecimento e longevidade. Revista Brasileira Nutrição Funcional; 45(80), 2019. doi: 10.32809/2176-4522.45.80.01.

Nutrição Funcional e Fito

Academia da Nutrição
Academia da Nutrição
Academia da Nutrição Seguir

Queremos DESCOMPLICAR a ciência da nutrição. Dar voz aos profissionais de saúde e abrir diálogo com todos envolvidos, incluindo marcas e produtos. Plataforma exclusiva para nutricionistas e estudantes da área. É DE GRAÇA E SEMPRE VAI SER.

Ler conteúdo completo
Indicados para você