[ editar artigo]

Pós-bióticos: Um olhar para a microbiota intestinal e a nutrição

Pós-bióticos: Um olhar para a microbiota intestinal e a nutrição

 

A microbiota intestinal é caracterizada como um complexo de espécies de microrganismos que vivem no trato digestivo, o qual representa seu maior reservatório. Como aliados a manutenção da saúde intestinal, podemos contar com probióticos e prebióticos. E agora, descobertas indicam uma terceira categoria, os pós-bióticos.

 

Vamos falar um pouco sobre a microbiota e conhecer esses novos aliados. 

 

Devido a importância da microbiota intestinal, desde sua descoberta, pesquisas apontam como a microbiota se desenvolve após o nascimento e como pode mudar com o tempo. Assim como, estudos sobre as características que representam uma microbiota saudável.

 

Importante lembrar...

 O ambiente uterino apresenta bactérias de origem materna, as quais entram em contato com o feto, treinando este sistema imunológico para tolerar os microorganismos comensais (que vivem no nosso organismo).

 

Dentre os fatores que favorecem uma microbiota saudável, destaca-se a amamentação, que atua como um fator protetor desde o primeiro momento de vida.

 

A microbiota saudável confere benefícios como

  • Tolerância imunológica
  • Diminuição do risco de inflamação
  • Ação imunomoduladora

 

Cuidar da microbiota desde cedo é um fator extremamente importante, mas não para por aí:

A microbiota continua a mudar após o período neonatal, a depender da dieta materna, desmame, dieta, entre outros fatores, até assumir a sua forma final, ao término da adolescência.

 

Apesar dos benefícios, uma microbiota intestinal em ambiente ameaçador, pode ser a causa de inúmeras doenças:

  • Asma e alergias
  • Obesidade
  • Diabetes Mellitus tipo 2

Considerando a importância do efeito positivo da microbiota na saúde humana, pesquisas buscam a possibilidade de desenvolvimento ou restauração de cepas bacterianas saudáveis, através dos probióticos, prebioticos ou pós-bióticos.

 

E os pós-bióticos, têm mostrado um futuro promissor!

 

Mas o que são os pós-bióticos?

Diferentes dos probióticos, prebióticos e simbióticos que já conhecemos, temos os recém descobertos pós-bióticos, que têm sido tema de vários estudos.

São citados na literatura como microrganismos não viáveis, ou produtos do metabolismo bacteriano.

Os pós-bióticos apresentam principalmente uma ação imunomoduladora e anti-inflamatória, tendo como primeiros efeitos a melhora da barreira intestinal, demonstrando assim maior interesse na idade pediátrica, devido a imaturidade intestinal.

A obesidade e um problema crescente na população pediátrica a nível mundial, e os pós-bióticos poderiam ser um suplemento promissor na luta contra esta epidemia global, já que demonstram vantagens significativas em relação aos probióticos.

 

Papel do nutricionista: prevenção e tratamento

Frente a isto, podemos reforçar o quão importante é a atuação do nutricionista na prevenção e no tratamento em desordens provenientes de uma microbiota não saudável.

Nestes casos, o tratamento consiste principalmente em mudanças no estilo de vida e hábitos alimentares, contribuindo assim, para mudanças significativas.

E agora contando com mais um aliado para ajudar no equilíbrio da microbita: pós-bióticos como suplementação.

Ainda não temos muitos estudos a respeito, e por isso vale o incentivo a buscarmos mais conhecimento e pesquisas na área, sempre visando contribuir com a saúde de seu paciente.

 

Atualidades em Nutrição

Academia da Nutrição
Academia da Nutrição
Academia da Nutrição Seguir

Queremos DESCOMPLICAR a ciência da nutrição. Dar voz aos profissionais de saúde e abrir diálogo com todos envolvidos, incluindo marcas e produtos. Plataforma exclusiva para nutricionistas e estudantes da área. É DE GRAÇA E SEMPRE VAI SER.

Ler conteúdo completo
Indicados para você